PSICOTERAPIA

A quem se destina

A quem se destina?

ADULTO –  Diagnosticar a fonte de um problema é a melhor alternativa para superá-lo. No entanto, se entender e se conhecer não é uma tarefa fácil e todos que já tentaram passar por esse árduo caminho sabem disso. Quando a dificuldade enfrentada para compreender os obstáculos é muito grande, talvez seja o momento de buscar ajuda. Mas onde encontrar amparo? O auxílio profissional de um psicólogo pode ser uma boa escolha. O adulto, normalmente, apresenta mais facilidade em reconhecer sintomas e procurar tratamento para os problemas que os afetam.

Para quais questões é mais adequada?

Para autoconhecimento, depressão, para alguns tipos de psicose e para patologias psicossomáticas – ou seja, doenças somáticas em que os fatores psicológicos são preponderantes, tais como, úlcera gástrica ou duodenal, hipertensão arterial, alergias, problemas pulmonares, eczema, queda súbita de cabelo etc.

As pessoas que procuram o tratamento psicanalítico referem também algumas das seguintes queixas:
timidez, solidão, inibição social, baixa autoestima, ataques de pânico, fobias, dificuldades nas relações amorosas, sentimentos de vazio e inferioridade, dificuldade em ter prazer, descontrole dos impulsos, comportamento autodestrutivo, dificuldades no trabalho ou estudo, medo do fracasso etc.

ADOLESCENTE - A adolescência é o período situado entre a infância e a vida adulta. Inicia-se com os primeiros indícios físicos da maturidade sexual e termina com a realização social da situação de adulto independente.

No mundo ocidental, corresponde mais ou menos à época entre os 12 e os 20 anos, contudo existem oscilações deste período etário impostas pelas diferenças entre os sexos, etnias, meios geográficos, condições sócio-económicas e culturais. 

Num mesmo meio, encontramos grandes variedades de indivíduo para indivíduo: há puberdades muito precoces e outras muito tardias. Por outro lado uma mesma pessoa em diferentes momentos tem diferentes ritmos de maturação. 

A adolescência é também um tempo de transição. Considerada no passado apenas como um breve interlúdio entre a dependência da infância e as responsabilidades da vida adulta atribuída ao jovem. Pouco depois da maturidade sexual, muitas vezes caracterizada por uma iniciação elaborada, o novo adulto trabalhava, casava e tinha filhos. 

Os adolescentes são vulneráveis a fatores de risco (crises amorosas, separação dos pais, drogadição etc.), mas a sua personalidade está ainda em formação, por isso é um período em que tudo pode ser perdido, mas em que ainda tudo pode ser ganho em termos de saúde mental. Entre os conflitos vivenciados nessa fase, destacam-se a depressão, a anorexia e bulimia, as toxicodependências e o suicídio. Cuidar da passagem da adolescência para a vida adulta, possibilita ao indivíduo uma melhor compreensão de si e do mundo que o cerca.

 

 

CRIANÇA - A psicoterapia pode ser aplicada em crianças de qualquer idade. O psicólogo avaliará a necessidade de realizar orientação aos pais, intervenção na escola, jogos lúdicos ou o que perceber necessário para cada caso. 

É possível que sejam chamados a participar do processo psicoterapêutico os pais e pessoas próximas desta criança, assim como irmãos, avós, babás etc.

É vital detectar precocemente e ajudar a criança a resolver questões psíquicas que na idade adulta são mais difíceis de tratar, como por exemplo, as perturbações do sono (insônia, terrores noturnos, sonambulismo), da linguagem (dislexia, gaguez), do controle esfincteriano (enurese, encoprese), do comportamento, e do rendimento escolar (medo da escola, bloqueio intelectual) etc. Desta forma a criança que necessita de um acompanhamento psicológico, poderá se beneficiar muito com trabalho terapêutico.

 Pode ser realizada em conjunto com medicação?

 

Pode. Os medicamentos aliviam temporariamente os sintomas, mas a causa da perturbação persiste até ser encontrada e resolvida ou amenizada na psicoterapia.


Onde?


Consultório e/ou a domicílio.

Faça o agendamento.
É fácil, rápido e seguro.

Clínica Pensar

 

Cibele Mascarenhas - Psicóloga Clínica e Hospitalar, Psicanalista e Psico Oncologista

  • White Facebook Icon

Rua dos Três Irmãos, 201 - Cj. 81 - Morumbi - São Paulo, SP - 05615-190

Tel: 011 4115 4504 

Cel.: 011 9 4737 4117